Seja bem-vindo ao Portal LuzMG! É com muita alegria que agradecemos você pelo acesso ao nosso site!
5 de Julho de 2020
Notícias
Produtores Rurais participam de Audiência Pública pró-Securitização em Belo Horizonte
Mais de 500 produtores rurais, sindicalistas, e lideranças regionais, participaram da Audiência Pública, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.
Na tarde de quarta-feira, 15 de abril, mais de 500 produtores rurais, sindicalistas, e lideranças regionais, participaram da Audiência Pública, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, sobre o indiciamento do produtor, em busca da Securitização, ou seja, um maior parcelamento dessa dívida.
 

Mais de 80 pessoas de Luz, dentre as quais, o prefeito Ailton Duarte, o presidente da Câmara Municipal, Darvin Basílio, os vereadores Toninho Xavier e Jaime Balaieiro, e dezenas de produtores rurais, alunos da FASF-Unisa, dos Cursos de Administração, Gestão Financeira, Ciências Biológicas e Contábeis, todos eles empunhando a mesma bandeira em prol da Securitização Rural.
 
 

É bem provável que a Assembleia nunca tenha visto e assistido a um movimento de tamanha envergadura e expressão, movido por uma causa justa e nobre. Movimento que nasceu em Luz. É um movimento que não tem cor partidária. Conta com a adesão de companheiros, conscientes da gravidade da situação, dispostos a lutarem, na esperança de encontrarem uma solução plausível.
 

A semente lançada foi levada à ASROM – Associação dos Sindicatos Ruralistas do Oeste Mineiro – cujo presidente Carlos Henrique Resende Lacerda, de Lagoa da Prata, um líder nato, que também aderiu à Securitização.

O grupo procurou a FAEMG, que também solidária, apoiou os produtores. Conta agora, com o apoio dos deputados, em especial os da bancada ruralista. 
 
 
Uma das presenças marcantes foi a de Alysson Paulinelli, ex-ministro da Agricultura, que proferiu uma magistral aula sobre Economia e a Agropecuária Brasileira, como fator de progresso de uma nação e desenvolvimento de um povo. É ela a salvação do Brasil.

Usando a tribuna da Assembleia, disse o agropecuarista, Washington Paulinelli: “Não querem os produtores dar calote em Banco, ou deixar de pagar sua dívida. Eles querem trabalhar, abastecer as cidades, alimentar o povo brasileiro. Se o produtor parar suas atividades, como fica a nossa mesa, sem o arroz, milho, feijão, sem os hortigranjeiros, sem a carne, o leite e derivados? O Agronegócio acontece da porteira pra fora”.

Um Produtor Rural de Luz, emocionado falou das agruras por que passam os produtores, em decorrência da seca intensa e da chuva escassa, da falta d’água. Seca brava, que desestruturou a economia, com previsão de dias negros.

A fala de nossos produtores emocionou a plateia e arrancou merecidos aplausos. Vários deputados usaram da palavra, dando irrestrito apoio ao movimento. Além dos produtores, dos deputados, também falaram em favor do movimento, representantes do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

Os produtores retornaram as suas cidades, mais esperançosos. Sentiram firmeza. O próximo passo é Brasília.

A Securitização, cujo berço é Luz, há de espalhar por esse Brasil, conclamando os produtores desse país Gigante, que não pode ficar adormecido, para juntos lutarmos por nossos direitos, em prol de uma causa justa, humana e patriótica.
Fonte: Prefeitura Municipal de Luz (Matéria extraída e adaptada do "Jornal de Luz" com a devida autorização) Fotos: Toninho Xavier, Meirilaine Alves e Rafael Motta em 24 de Abril
VOCÊ É O VISITANTE N° 680058

CURTA NOSSA PÁGINA E FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES