Seja bem-vindo ao Portal LuzMG! É com muita alegria que agradecemos você pelo acesso ao nosso site!
18 de Novembro de 2017
Catedral Diocesana Nossa Senhora da Luz
"Nossos pais e avós construíram cabe a nós conservá-la"
A majestosa Catedral de Luz, um dos principais pontos turísticos e de fé, da cidade, é a maior obra física do saudoso Bispo de Aterrado, Dom Manoel Nunes Coelho, coadjuvado pelas mãos generosas do povo de Luz, e constitui um dos seus maiores orgulhos. Sua construção, comandada pelo construtor José El-Maluf (da cidade de Oliveira), teve início na segunda quinzena do mês de setembro de 1935; sendo a bênção da pedra fundamental no dia 27/10/1935.
O local foi escolhido num lugar fora da cidade, pois Luz estava em fase de muito progresso e crescia bastante. Um lugar plano e alto, para que fosse vista até à grande distância da cidade.
Também, ficava próximo de uma pedreira localizada aos fundos da Casa de Recolhimento de Nossa Senhora das Vitórias (hoje, chácara de Solange Couto Silva), que forneceu toda a sua reserva pétrea para a construção da Catedral.
O povo de Luz, quem mais contribuiu para a realização desta obra, ofereceu não apenas o dinheiro, mas sobretudo o suor de seu trabalho. Todos os domingos o povo, sem distinção de classe social, se reunia na pedreira, sempre em número a cerca de mil pessoas, de onde começava a procissão de fé. Das crianças aos mais idosos, todos carregando pedras; os mais ousados se desafiavam em transportar a maior e melhor pedra. Ao final da procissão, segui-se a bênção do Santíssimo Sacramento para os fiéis carregadores de pedras. As procissões se repetiam aos domingos e durante a semana, os proprietários de carros de bois, faziam a oferta de seu trabalho, chegando muitas vezes a mais de 30 carretos num mesmo dia. Assim começaram a surgir as paredes da nova Catedral de Luz.
Sua inauguração foi uma semana inteira de festas, de 17 a 21 de setembro de 1941; sendo as solenidades abrilhantadas pelo Coro Orgeônico de Formiga, Bandas do 7° Batalhão de Bom Despacho, Tiros de Guerra de Formiga, Dores do Indaiá e Bom Despacho, além da Lyra Vicentina Aterradense. Tendo a presença dos fiéis de toda a Diocese de Aterrado, dos bispos e arcebispo da Arquidiocese de Belo Horizonte, autoridades civis e religiosas de vários lugares do Brasil.
Encerrando as festividades no dia 21, às 09 horas da manhã, houve a bênção do templo e às 19 horas o "Te Deum" de inauguração da nova Catedral de Luz, tornando maior ainda a emoção do povo de Luz, depois de muito suor derramado, em estar vendo realizado o grande sonho seu e de seu bispo, Dom Manoel Nunes Coelho.
VOCÊ É O VISITANTE N° 468023

CURTA NOSSA PÁGINA E FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES